Voltar 

 As estações e Torres concluidas

 
Após cerca de 1 ano e 1 mês, finalmente é visível a todo o viajante ou espectador que passe na estrada Guarda-Lamego, a bonita obra, que se incorpora bem no espaço físico do Monte da Borralheira, ainda mais que não é um trabalho físico e arquitectónico frequente no nosso país.

Na estrada Nacional em toda a circunscrição e espaços adjacentes na zona da base de implante do teleférico foi necessário alargamento da estrada, sinalização adequada e parque automóvel no espaço da estrada velha conforme já referido.

Ao lado direito já podemos observar a obra da estação da Montanha (na Senhora das Necessidades) completamente terminada, transmitindo um tom moderno a este espaço, e que dista uns 200 metros do recinto de Nª Srª Necessidades). Encontra-se orientado para Freixinho e de modo algum interfere com o recinto; aliás localiza-se a seguir a um aglomerado de maciços graníticos, que servem como que de parede a ambas as estruturas.

Este edifício além da função para que foi projectado, dispõe dum restaurante, bar e casas de banho, sendo explorado por um casal e duas funcionárias do concelho de Sernancelhe.

Como também já foi referido, após a abertura oficial do Teleférico, os automóveis passam a deixar de circular pela estrada de paralelos pavimentada há cerca de 2 anos, passando a ser apenas caminho pedonal, fazendo parte dum circuito  pedestre que ainda está em planeamento.

 
Só será possível a subida de viaturas ao recinto em casos especiais: ambulâncias, carro do lixo, manutenção do restaurante.

A estação do vale ou base, é extremamente agradável à nossa visão; a conjugação das cores do teleférico e estruturas que o sustentam combinadas com o verde natureza vivem em simbiose.

A viagem à Senhora das Necessidades demora aproximadamente 8 minutos é muito agradável, e a objectiva da máquina fotográfica bem pode estar preparada para tirar um rolo inteiro de fotografias no percurso da viagem.

O custo do percurso ida-e-volta são 3 euros, valor extremamente acessível a qualquer um que queira desfrutar uns momentos de soberba paisagem no caminho do teleférico, ou então caminhar para uma reflexão e oração no templo de Nª Srª, e porque não, levar o farnel recheado de boa comida e apetitosa pinga e escolher o local mais ideal que o atraia.

  Voltar