Voltar 

A ideia

As ideias começaram a convergir no Santuário da Senhora de ao Pé da Cruz, local de atracção religiosa, oferecedor de uma linda paisagem, não só sobre a vila de
Sernancelhe, como também pelas serranias e aldeias envolventes, e toda a floresta de soutos de castanheiro que se observam monte abaixo.

A estrada encontra-se em boas condições, mas tal só não chega; um restaurante ou pousada lá no alto? um espaço cultural ou zona de lazer atractiva para adultos e crianças?

Tais investimentos poderiam ser alvo de uma estagnação, ou falta de atracção dos grandes alvos de romarias ou turistas.

Pensou-se no Santuário de Braga, e no caso o sucesso do teleférico aí instalado, e outras opiniões mais progressistas sugeriram  então o mesmo para a Santuário da Senhora de ao Pé da Cruz.

Desperdício num País que se encontra em dificuldades económicas e exageros para um concelho tão pequeno; sugeriu-se que uns bons acesso em  estrada continuariam a ser uma solução para um dos sucessos de algo dignificante, diferente e atractivo para este santuário. E o Inverno?

Zona de montanha, exposta às variações climatológicas da natureza, com intensas geadas ou mesmo neves no tempo frio, a dificultarem ou bloquearem o trânsito automóvel, seriam um entrave para os bons acessos ao alto nos períodos invernais.
Uma empresa prospectiva de tecnologia de transportes públicos de âmbito europeu, com sede em Davos na Suiça, aquando de visita por casualidade ao concelho de Sernancelhe na festa feira da Castanha em Outubro de 2004 e em conversações com a representatividade do Município e Paróquia local, achou interessante o desejo do município, concelho e paróquia na promoção de algo de diferente para o desenvolvimento e atractividade deste, no caso do Santuário da Senhora de ao Pé da Cruz e deu sugestões após um estudo pormenorizado das possibilidades financeiras e factores sedutores a atractivos das populações:

- A instalação e construção dum funicular, isto é, um comboio de montanha,
uma composição preparada para subir declives muito pronunciados, essencialmente as montanhas, e muito utilizado e vulgarizado na Suiça, para o acesso a picos alpestres cobertos de neve e de grande atracção turística.
Tal ideia e pormenores do estudo, com a apresentação em maquete simulada num computador, depressa hipnotizou os olhares e pensamentos do clero e políticos locais.
É que um funicular ou comboio de montanha, inédito em Portugal, concerteza que iria atrair largos grupos populacionais a Sernancelhe e dar nome e fama à Senhora de ao Pé da Cruz.

E a obra foi em frente.

  Voltar